Linguagem e Edição
Desenvolvimento e orientação em Fotografia Autoral
Fazer. Acontecer.

Para quem tem pelo menos um ensaio relativamente pronto e pretende editar e desenvolver um projeto, ou para quem concluiu o Módulo II.

 

C.h.: 54 h/a
18 encontros
Aproximadamente 5 meses

 

Ciclo de desenvolvimento e orientação em Fotografia Autoral
Linguagem e Edição

Fotografia de Rua/ Documental/ Antropológica, com José Bassit (6 encontros) para o desenvolvimento e produção de um projeto coletivo.   Fotografia Expandida/ Experimental/ Reflexiva, com Davilym Dourado (6 encontros),
para uma abordagem de outras linhas da produção autoral. Leituras, indicação de literaturas, referências de autores, conceitualização dos processos individuais e coletivo. A excelência da edição para a construção de uma narrativa contemporânea. Publicações com Gabi Di Bella (6 encontros), para o processo na realização do projeto/publicação em si, impressa ou online (Projeto, Fotolivro, Fotozine, Livro de Autor etc.): Defesa, projeto gráfico, produção gráfica e finalização.

(sobre José Bassit, Davilym Dourado e Gabi Di Bella, no final da página)

Em todas as etapas iremos promover a participação em eventos relacionados como feiras, festivais e outros, de acordo com a agenda. 

Foto: José Bassit

 

 

Inscrições Módulo III | T1.III

Aos Sábados
Início 25/8   DIURNO
das 10h às 12h30 

Previsão de término: 15/12, das 15h às 18h (todas as turmas juntas)

Investimento
270/mês via Depósito (Matrícula + 5 parcelas)
300/mês via PagSeguro

 

Inscreva-se:

INSCRIÇÃOPAGAMENTO MÓDULO III
A conclusão da sua inscrição nesta atividade se dará após a confirmação automática do pagamento pelo PagSeguro. Pagamento com boleto bancário é preciso ser realizado até o dia seguinte da emissão..

Para fazer o pagamento, acesse a aba com este nome.

Os campos são obrigatórios para que possamos entrar em contato por qualquer eventualidade.

Selecionar data:


PagSeguro




Conheça os outros módulos

Módulo Zero | CLIQUE AQUI
Fotografia para Iniciantes | Para quem está começando na fotografia: Para descobrir e entender a fotografia, buscar um novo olhar e, consequentemente, aprender a fotografar

Módulo I | CLIQUE AQUI
Introdução a Fotografia Autoral | Para quem fotografa, conhece as técnicas e quer iniciar um trabalho com uma abordagem autoral, ou para quem concluiu o Módulo 0

Módulo II | CLIQUE AQUI
Ensaios e Projetos | Para quem já conhece um pouco do universo autoral e quer partir para a construção de ensaios, livros e projetos, ou para quem concluiu o módulo I

Módulo IV | CLIQUE AQUI
Estudo e Inserção do Artista | Para quem já tem um portfólio conciso e necessita de uma orientação para o mercado e o circuito da arte

 

IMPORTANTE
Impressão e despesas de transporte, tanto das fotografias, como dos livros coletivos e individuais, será por conta do participante. O participante poderá autorizar a venda nas exposições de acordo com cada proposta.

Inscritos nestas atividades terão diversos descontos em nossas atividades e cursos livres.


Local
Avenida Pedroso de Morais, 2199, Alto de Pinheiros, São Paulo – SP
(Próximo à Estação Faria Lima do Metrô, Estação Pinheiros do Metrô e Estação Cidade Universitária da CPTM)


Para saber mais
Whatsapp/Claro 11 984601272

 

SOBRE JOSÉ BASSITSOBRE GABI DI BELLASOBRE DAVILYM DOURADO

Sobre José Bassit

Nasceu em 1957, na cidade de São Paulo. É fotógrafo desde 1985 e já teve seus trabalhos publicados nos principais jornais e revistas brasileiros. Em 2003 publicou o livro “Imagens Fiéis” (Editora Cosac&Naify), sobre a religião e a fé do povo brasileiro. Suas obras integram acervos de instituições como a Pinacoteca do Estado de São Paulo e o Museu de Arte de São Paulo.

Entre as principais exposições individuais de que participou estão:

– The London Underground, na estação Santa Cecília do Metrô, São Paulo (1985)

– Por onde anda a fé, no Centro Cultural Fiesp, São Paulo, dentro do V mês internacional de Fotografia (2001)

– Imagens Fiéis, no Centro de Estudos Brasileiros em Maputo, Moçambique (2003)

– Cortes Modernos, na Pinacoteca do Estado de São Paulo, São Paulo (2004)

– Imagens Fiéis na Galeria Zoom, Paraty/RJ (2005)

– Rememorações, no Espaço Porto Seguro de Fotografia, São Paulo (2006)

– Instalação Cortes Modernos, no Sesc Pompéia, São Paulo (2007)

– Imagens Fiéis, no Museo de los Ninõs, em San José , Costa Rica (2008)

– Imagens Fiéis- CasaVitorino, São Paulo- SP, em abril de 2017

Nas exposições coletivas destacam-se :

– III Bienal de Fotografia de Curitiba, Paraná (2000)

– Acts of Faiths, no Contemporary Brazilian Photograph, no Asmolean Museum, em Oxford, Inglaterra (2002)

– Brasiliens Gesichter, no Ludwig Museum, em Kloblens, Alemanha (2005)

– Brésil, Hèritage Africain, no Musée Dapper, em Paris, França (2005)

– “Extremos”, na 23a Bienal Europalia Arts Festival, no Museu Bozar, em Bruxelas, Bélgica (2011)

– Mostra Arcapress de Fotografia Documental – Galeria Zona5 em São Luiz, Maranhão, dezembro de (2013)

– A Paisagem da Cidade – Curadoria de Cristiano Mascaro, no Sesc Santana- SP, em dezembro de (2013)

– Exposição “Brasil”, no Edifício da rua Lobau, 4, em Paris- França, em julho de (2014)

– Impressions Mémorielles- Musée De L’Homme, Paris- França, em maio de 2017

Coleções:

Pirelli/ Masp

Pinacoteca do Estado de São Paulo

Sobre Gabi Di Bella

Fotógrafa e jornalista, trabalha e vive em São Paulo. Formada em jornalismo pela PUCRS, já trabalhou com assessoria de imprensa e produção de cinema antes de começar a carreira como fotojornalista. Trabalhou no Jornal do Comércio e no jornal Metro onde cobriu a Copa do Mundo de 2014 e também a tragédia da boate Kiss. Mudou para São Paulo em 2015 após ser selecionada para o trainee da Folha de São Paulo. Em 2016 publicou o fotolivro “Marrocos” pelo coletivo Gringo que foi finalista de Prêmios Pierre Verger e Diário Contemporâneo e será exposto este ano no Photo España, em Madrid, e no Festival de la Luz, em Buenos Aires. Colaborou com agências nacionais e internacionais como a Reuters e a FolhaPress, e atualmente trabalha como freelancer para veículos como UOL, BBC Brasil, National Geographic, e The Intercept Brasil e se dedica a projetos independentes com foco documental.

Sobre Davilym Dourado
Desenvolve projetos de fotografia autoral, transitando entre o documental contemporâneo e a fotografia experimental analógica. Contemplado no XV Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia, em 2015, com o livro “Chuva Fora de Lugar”, livro este, que já o lançou para outros editais e festivais. Graduado em Sociologia (FESPSP), com extensão em Antropologia Visual (PUC/2014). Em 1999, estudou no International Center of Photography (ICP), em Nova York – EUA e, em 2014, participou do grupo de estudos com o artista e professor Carlos Fajardo. 

EDITAIS E PRÊMIOS

  • Artista Selecionado Feira do Livro de Lisboa, , livro CHUVA FORA DE LUGAR 2017
  • Artista Selecionado Bienal do Sertão 2017 – Vitória da Conquista-BA
  • Artista Selecionado FIF-BH – Festival internacional de Fotografia de Belo Horizonte, livro CHUVA FORA DE LUGAR – 2017
  • Finalista do Prêmio Fundação CONRADO WESSEL, ensaio “MONSTER” – 2017
  • XV Prêmio FUNARTE MARC FERREZ DE FOTOGRAFIA, livro CHUVA FOR A DE LUGAR- 2015.
  • Prêmio PROACSP – Projeto Galeria Container – 2015
  • Artista selecionado – 65º Salão ARTE PARÁ, Belém – PA-2014
  • Finalista do Prêmio Fundação CONRADO WESSEL, ensaio “Carros” – 2013
  • CAIXA CULTURAL exposicão fotográfica NEGATIVE EXPERIENCE nas unidades de São Paulo e Brasília – 2011

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

  • 2014 – BORÁ, Escola de Sociologia e Política de São Paulo
  • 2011 – Negative Experience, Caixa Cultural São Paulo
  • 2011 – Negative Experience, Caixa Cultural Brasília

 EXPOSIÇÕES COLETIVAS

  • 2017 Artista Selecionado Bienal do Sertão – Vitória da Conquista-BA
  • 2014 – Salão Paraense de Artes Plásticas, artista selecionado, Belém
  • 2014 – Borá – MULTITUDE Sesc Pompéia – SP
  • 2014 – Carros – Prêmio Fundação Conrado Wessel – Sala São Paulo
  • 2013 – 13 Fotógrafos Brasileiros ( treze fotógrafos da velha e nova geração ) – Eslovênia
  • 2012 – Potifólio – Projeção de fotografia Brasileira no festival de fotografia Photonic Moments – Eslovênia
  • 2011 – Fotogênesis – Galeria CMafra – Belo Horizonte – MG
  • 2011 – O Tráfico das águas – Rio Jordão (instalação com amostra de água trazida do Rio Jordão de Israel) Galeria Archidy Picado – João Pessoa -
PB
  • 2011 – Flores Mortas,( fotografia ) Projeto até meio kilo – Casa de Cultura de Londrina – PR
  • 2010 – Kaunas Festival – (projeção de imagens) Lithuania
  • 2003 – Os Paulistanos da Paulista, ( fotografia ) CAIXA Cultural São Paulo – SP – Curadoria Emídio Luisi
  • 2002 – Invasion/Liberation, Latinarte Galery – Miami/EUA

OUTROS

  • Lançamentos do livro CHUVA FOR A DE LUGAR:
             1- Casa da Imagem de São Paulo-SP – 2017
             2- Festival de Fotografa de Tiradentes-MG – 2017
  • Selecionado para leitura de Portfólios da Agência MAGNUN, Festival de Fotografia de Tiradentes – 2017

 

 

JÁ CURTIU?
 

 
VivaRua Fotografia, Arte e Cultura
vivarua.com.br
vivarua@vivarua.com.br
11 984601272 (whats/ claro)