Descondicionamento do Olhar, com Claudio Feijó

“Nós não vemos as coisas como elas são, porém como nós somos”
(I. Kant)

O objetivo mais importante desse trabalho é proporcionar ao indivíduo o delicado e rico encontro com a sua própria pessoa e suas possibilidades de experimentar a sensação de regozijo ao se perceber um ser crítico e transformador em seu universo pessoal e social.

O workshop está voltado para a recuperação do ser consciente e a revisão dos valores internalizados e significativos que vão estreitar a relação intelecto/emoção, restituindo aos participantes um instrumento de reflexão sobre a sua vocação.

Idealização e realização devem estar em sincronia, possibilitando, assim, uma produtividade criativa e transformadora.
Saber o que se quer, olhar sem a contaminação dos modelos existentes, buscar dentro d’alma um olhar mais significativo e tocante, são questões essenciais do Descondicionamento do Olhar.

 

Metodologia
Através de exercícios, dinâmicas e vivências (como jogos, rodas, role-playings, trocas, dramatizações e técnicas de sensibilização), a oficina procura resgatar o contato direto com as sensações e emoções, recuperando nossos sentimentos suprimidos e reavendo a nossa humanidade perdida.

Serão trabalhados, como estrutura básica do workshop, os seguintes itens: os canais de percepção, a transformação da expressão nas diferentes linguagens, a formação de conceitos, o pré-conceito e a intuição, a conceituação e a percepção, os estados emocionais e as distâncias, a leitura de símbolos e signos, a leitura não verbal, o ritmo e o tempo psicológico, a síntese, a ocupação do espaço, a composição e o equilíbrio etc.

 

Olhar, Ver, Enxergar ou Intuir – Eis a questão…

 

Enquadre básico
Ninguém precisará se expor de forma nenhuma (tímidos e calados serão bem vindos, podendo: entrarem mudos e sairem calados)
Qualquer participante poderá escolher se faz ou não os exercíos propostos sem nenhum constrangimento

Materiais por conta do participante
Uma almofada para sentar no chão (caso a pessoa necessite de cadeira, no local terá também)
Revistas com imagens, câmera fotográfica ou celular, foto do participante ainda criança (entre 2 e 7 anos) e lanche comunitário (como não sairemos para almoço montaremos uma mesa com comidinhas, sucos e frutas – cada participante deverá trazer contribuições). Dietas especiais deverão ser por conta do necessitado.

As roupas deverão ser bem confortáveis e uma manta caso esteja frio.
O restante do material de uso na oficina será por conta da organização

Perder-se em si mesmo para reencontrar-se

 

 

Data
em breve

Local
a ser determinado em SP/SP

Valores
Negociar com Feijó

Etapas para inscrição
1. Notificar por WhatsApp (11 983839951) a intenção de se inscrever.
2. Uma vez aceito (pois temos um número limitado de vagas), terá até 3 dias para efetuar a inscrição (depósito da primeira parcela ou do pagto à vista)
3. Enviar comprovante de depósito pelo WhatsApp (11 983839951).

Dados para depósito
Claudio A. M. de M. Feijó
CPF 123.163.508-87
Banco Itaú 341 Agência 7066 Conta Corrente 07176-7

Para mais informações escreva para claudio@olhar.com.br ou tire
suas dúvidas direto com o coordenador através do Whatsapp 11 983839951

Sobre Claudio Feijó

Pedagogo, psicólogo clínico e professor de fotografia.

 

Links

Paraty em Foco

Youtube

 

Fale com ele pelo Whatsapp aqui

 

JÁ CURTIU?

 

VivaRua Fotografia, Arte e Cultura
vivarua.com.br
11 9 6648-0125